Tárik de Sousa, Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil, 1990.

"O Violão de Nonato, um cearense de 38 anos, debruçado no instrumento desde os seis, pulsa entre o ataque sertanejo, o pique flamenco e o dengue afro, num violão de sotaque erudito.

 
  Nonato Luiz: nonato@nonatoluiz.com.br Forma Criativa