Baião Lindo e Digno

Conspurcado pela vulgarização do forró (universitário?!), o baião se recupera em tratamento sofisticado e fiel do violonista cearense Nonato Luiz. " Baião Erudito" (independente) traz, em violão solo, o sumo de Luiz Gonzaga, Humberto Teixeira e parceiros (como o gênio Sivuca). Lançamento amanhã no Sérgio Porto.

Hugo Sukman

22/02/05 - Segundo Caderno - O Globo. Rio de Janeiro - RJ

 
  Nonato Luiz: nonato@nonatoluiz.com.br Forma Criativa